Mooca apartamento em frente a Estação de Trem Juventus - Mooca.

Locação
R$ 1.770,00
Condomínio
R$ 430,00

Informações do imóvel

Tipo de imóvel Apartamento
Código 2554K
Endereço Rua Monsenhor João Felipo
Numero 8
Bairro Mooca
Ponto de referência Rua da Mooca
Transação Locação
Finalidade Residencial
Dormitórios 2
Banheiros 1
Vagas cobertas 1
Área construída 47 m²
Área privativa 47 m²
Área total 47 m²
Metragem 47

Descrição

Lindo apto em frente a Estação de Trem da Mooca semi-mobiliado!!
São 2 dormitórios, sendo que um possui Armário, escrivania e comoda ;
Sala para 2 ambientes com sacada e com Rack;
Cozinha com armários planejados com fogão e geladeira,
Área de serviço com armário;
Banheiro social;
Vaga para automóvel.
Com toda infraestrutura do Bairro, Rua da Mooca, Estação de Trem na porta (interligando todas as linhas do Metro), Universidade São Judas, Universidade Anhembi Morumbi e Universidade FAM.

Avaliamos o perfil de crédito de todos os envolvidos na proposta, se a Seguradora autorizar, vc pode alugar sem fiador!!

Vamos juntos realizar Belos Negócios!!
Características da Mooca
Mooca é um tradicional distrito de classe média alta, situado na zona leste do município de São Paulo e é administrado pela Subprefeitura da Mooca. É um bairro historicamente caracterizado pela grande quantidade de imigrantes Italianos, espanhóis que predominam até hoje no bairro. É considerado o mais seguro de São Paulo por vários anos consecutivos, quem confirma isso é o Governo da cidade. Desde 2011, é feita uma análise de índices de criminalidade por Distrito Policial nos bairros e regiões paulistanas para descobrir quais são os mais seguros. A pesquisa mostrou que a Mooca teve apenas duas mortes de 2011 a 2013, o número mais baixo de toda cidade. A Mooca é formada por 3 bairros: Mooca, Alto da Mooca e Parque da Mooca.
A sua fundação aconteceu em 17 de Agosto de 1556, 56 anos após o descobrimento oficial do Brasil pelos portugueses. Na época, as terras eram ocupadas por índios que se concentravam próximo ao Tameateí ou Tometeri, hoje o Rio Tamanduateí. O nome do bairro é de origem indígena. Uma versão aventada é a de que ele teria surgido no século XVI, quando os primeiros habitantes brancos começaram a construir suas casas na região, sob o olhar curioso dos índios, que teriam exclamado Moo-oca! Numa tradução livre, algo como "Eles estão fazendo casas!", de moo, fazer e oca, casa.
A Mooca se caracteriza por uma intensa ocupação de italianos, cujos descendentes não abandonaram o distrito. Outras imigrações importantes foram de lituanos e croatas. Um nome intimamente ligado ao distrito é o do italiano Rodolfo Crespi, dono da que chegou a ser a maior tecelagem de São Paulo, o Cotonifício Crespi, fundado em 1896. Sucessivas ampliações da fábrica foram acompanhadas por construção de moradias para seus funcionários. Assim como a família Crespi, boa parte dos operários era de origem italiana. Desde 2006, o complexo fabril do antigo cotonifício é ocupado pelo hipermercado Extra, que promoveu um projeto polêmico e agressivo de reabilitação e ampliação dos edifícios, alterando sua integridade arquitetônica e construtiva.
A imigração italiana está presente também nas tradições gastronômicas do distrito que, entre muitas cantinas, pizzarias e doçarias, conta com alguns importantes nomes, como a doçaria Di Cunto, a pizzaria São Pedro, a Pizzaria do Ângelo e o restaurante Don Carlini. Muitas famílias de origem napolitana do sul da Itália, da Lombardia (Milão, Busto Arsizio) e Piemonte (Turim) ocupam o distrito até hoje.
Sendo uma região de passado industrial, foi uma das áreas da cidade onde se concentraram os imigrantes, em especial os italianos, que imprimiram certas marcas características do distrito, como algumas festas típicas, tais como a Festa de San Gennaro.[7] O distrito abriga, hoje, o Memorial do Imigrante, que traz informações sobre a imigração italiana no Brasil. É um distrito que ainda concentra algumas indústrias na cidade, mas é predominantemente residencial de classe média e de serviços. O distrito ainda sedia a Universidade Anhembi Morumbi, Universidade São Judas Tadeu e agora a Universidade FAM, todas de classe média alta, e o tradicional clube paulistano Clube Atlético Juventus.
Em 2006 e 2007, a região assistiu ao conflito entre os movimentos de moradia e a população de classes alta e média da região pela definição no local de zonas especiais de interesse social (ZEIS), nas quais é deve predominar a construção de habitação de interesse social. As classes de mais alta renda exigiam a retirada das ZEIS do Plano Diretor Regional da Subprefeitura, as quais haviam sido definidas pela população no processo de elaboração daquele plano durante a gestão de Marta Suplicy em São Paulo. Com a gestão José Serra-Gilberto Kassab, a proteção às Zeis deixou de existir por parte da Prefeitura de São Paulo.
Em 2007, o distrito também foi palco de uma disputa entre o CONPRESP (Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio) e o mercado imobiliário interessado na construção de torres residenciais de alto e médio padrão na região.
Assim, demonstrando toda essa característica contrastante, podem-se encontrar, ainda hoje, muitos casarões antigos, com suas fachadas em vários estilos, construídas pelos maestri, os mestres construtores, adornadas de guirlandas e de baixos-relevos, objetos de admiração e de estudo de novos arquitetos, ao lado de modernas residências, assim como de estreitas ruas, típicas de velhas cidades da Europa, ao lado de largas avenidas.
Segundo reportagem do Jornal da Tarde:
“ Com seus sete quilômetros quadrados de área e uma população de mais de 63 000 habitantes, é o distrito mais com a cara de São Paulo, sendo que as suas características correspondem exatamente à média da cidade. ”
Hoje, o tradicional distrito é um dos mais valorizados da Zona Leste paulistana.[] Composto por três bairros (Mooca, Alto da Mooca e Parque da Mooca), o distrito da Mooca, atualmente, passa por uma grande transformação em toda a sua extensão, com desativação de antigas indústrias, fábricas e demais complexos, dando lugar a novos estabelecimentos comerciais e a imponentes condomínios residenciais.
Abaixo listamos motivos para amar a Mooca e ter a plena certeza que é um ótimo bairro para se viver:
1. Aos finais de semana, o bairro oferece um passeio que transporta os paulistanos para outra época. Uma maria-fumaça, original de 1922, sai da estação da Mooca e percorre três quilômetros em uma viagem de 25 minutos. No trajeto, a locomotiva transita por uma vila ferroviária do século passado e passa também por antigos trens da SP.

2. Para conhecer um pouco sobre o cotidiano dos primeiros anos do século passado, dê uma passadinha na Rua Henrique Dantas. Calçada de paralelepípedos, ainda hoje abriga as casas de três cômodos construídas pelos operários das fábricas instaladas na região.

3. Em contraste com o passado, o moderno Mooca Plaza Shopping é boa opção para compras e diversão. Há diversas opções de lojas e restaurantes.

4. Cantinas e restaurantes italianos, mas quem preferir uma bela pizza também encontra ótimos lugares.

5. "Belo, me vê um chopps e dois pastel." Assim é o mooquês, dialeto que perdura nos grandes sambas paulistanos e nas novelas da televisão. De tão característico, pode virar patrimônio imaterial de São Paulo.

6. O futebol tem espaço especial no coração do mooquense, que deposita no Juventus sua confiança. O Estádio Conde Rodolfo Crespi, localizado na Rua Javari, é um dos locais mais conhecidos da cidade. Atletas de esportes amadores e olímpicos treinam na sede social do Clube Atlético Juventus, um complexo esportivo de 80 000 metros quadrados, que recebe também shows e eventos.

7. Em dias de jogos, uma figura histórica da Mooca aparece. Desde 1970, o Seu Antônio vende seus famosos e tradicionalíssimos cannolis. Preparados com esmero por ele, há duas opções: creme e chocolate.

8. Se sua praia é música, você vai adorar o Casarão do Vinil (Rua dos Trilhos, 1212). Dá para encontrar bolachões das antigas de diversos estilos, do samba ao rock.


Característica do imóvel


Área de serviço
Cozinha
Sala de jantar
Sala de TV
Varanda

Instalação


Armário de Cozinha
Armário embutido

Acabamento


Piso laminado
Nome do condomínio Villagio de Roma
Código do condomínio 2
Estágio Pronto para morar

Característica do imóvel


Automação predial
Gás encanado
Medição individual de gás
Portaria com controle de acesso
Vigilância 24 horas

Instalação


Churrasqueira
Piscina
Piscina infantil
Playground
Quadra poliesportiva
Sala de ginástica
Sala de recreação infantil
Salão de festas
Salão de jogos

Acabamento


Acesso para deficientes
Cerca eletrificada
Estacionamento rotativo
Permite animais

Lazer


Churrasqueira
Jardim
Piscina
Piscina infantil
Playground
Quadra poliesportiva
Sala de ginástica
Salão de festas
Salão de jogos

Mapa